Informações gerais

Como cuidar do bálsamo da Nova Guiné: as regras do crescimento saudável e "impatiens" durante todo o ano

O bálsamo da Nova Guiné é uma flor despretensiosa, mas se você lhe der os cuidados errados, ele pode parar de florescer ou morrer. Com os devidos cuidados, a planta irá deliciar-se com as suas flores durante todo o ano.. Os principais requisitos incluem umidade e rega. Rega deve ser regular e abundante.

A umidade ideal é de 50%. No tempo quente, você precisa regar diariamente.para evitar que o solo seque. No inverno, a rega deve ser reduzida para 2 vezes por semana.. Não permita que o ar seja muito seco, as flores podem cair. Para aumentar a umidade, recomenda-se pulverizar a planta com água morna, especialmente no inverno. Você também pode aumentar a umidade, colocando a panela em uma bandeja com argila expandida, onde a água é derramada.

Temperatura e iluminação

Bálsamo considerou a flor amante da luz. Ele precisa encontrar um lugar, evitando a luz solar direta. No inverno, a planta deve fornecer iluminação adicional artificial. Devido à falta de luz, os rebentos podem esticar, a forma do arbusto é deformada. Flor interior é termofílica, por isso é necessário para fornecer uma temperatura ideal de 18 a 25 graus. Como a flor não tolera mudanças e flutuações de temperatura, você precisa ter certeza de que é a mesma no verão e no inverno. Você pode fazer uma flor na varanda ou na rua para arejar, mas você deve evitar correntes de ar.

Solo e fertilizantes

Bálsamo interior prefere solo fértil, solto que é facilmente respirável. No fundo da panela é necessário fazer um dreno para que a água não fique estagnada. Para a drenagem pode ser adequado como argila expandida e cascalho. O solo pode ser comprado na loja, bem como preparar de forma independente a composição do solo de:

  • terra da folha
  • solo fértil
  • húmus
  • turfa
  • areia
Enquanto a floração continua, o bálsamo Novogvinei é alimentado com complexos minerais a cada 2-2,5 semanas.

É necessário alimentar fertilizantes de potássio a cada duas semanas na temporada de verão. No período de dormência de inverno, a alimentação de plantas não é necessária.. Os fertilizantes nitrogenados devem ser consumidos o mínimo possível, até 1 vez por ano. Desde por causa deles há uma aparência copiosa e crescimento da folhagem, o que levará à inibição da floração.

O bálsamo não precisa de uma poda permanente, é permitido beliscar as cabeças jovens dos brotos, caso contrário, após aparar cânhamo nua permanecerá. Basicamente, a planta forma independentemente a forma decorativa e exuberante do arbusto.

Doenças e pragas

Como todas as flores internas, o bálsamo pode estar sujeito a doenças e pragas. Os mais comuns são:

  • podridão fungosa,
  • raiz,
  • haste,
  • cinzento
  • ácaro de aranha
  • mosca branca,
  • tripes
  • afídio
As doenças mais comuns do bálsamo Novogvineisky associado a cuidados inadequados

Quando o caule e a raiz apodrecem, a pátina branca aparece nos brotose eles se tornam macios. Cure a doença não funciona, você só pode pará-lo. Para fazer isso, a planta podou todas as partes afetadas, brotos e folhas. A flor é então tratada com vários fungicidas. As pragas também podem causar grandes danos à flor. O ácaro da aranha envolve toda a planta com sua teia, após o que as folhas e as flores murcham. A mosca branca e os pulgões também causam grandes danos. Ao reconhecer essas pragas, a flor deve ser colocada em uma sala separada para que os insetos não se espalhem para outras plantas. Em seguida, é necessário pulverizar as drogas: Aktellik, Akarin.

O que fazer se a flor desaparecer

Se a flor começa a murchar, há possíveis razões para isso. Eles podem ser causados ​​por cuidados inadequados e intempestivos.:

  1. Alta temperatura, baixa umidade. Para fazer isso, você pode plantar um chuveiro, pulverizá-lo e colocar a panela em uma tigela de água por alguns minutos.
  2. Iluminação insuficiente. Você deve escolher um lugar bem iluminado.
  3. Falta ou excesso de fertilizantes. Deve ser alimentado 2 vezes por mês.
  4. Tamanho do pote inadequado. Bálsamo ama um pequeno pote para preenchê-lo com raiz.

Com os devidos cuidados e cumprimento de todas as regras de cultivo, a flor interior irá deleitar a sua flor o ano todo.

Recursos cuidados no verão e inverno

O inverno e o cuidado de verão são como segue.:

  1. No verão, sempre que possível água, e no inverno a rega é reduzida.
  2. Temperatura deve ser no máximo 25 graus no verão, e não deve cair abaixo de 10 graus no inverno, caso contrário as folhas murcharão.
  3. No inverno, a flor é necessária iluminação adicional.
  4. Deve reduzir a alimentação balsamine no inverno.
  5. Replantação e melhoramento melhor produzido na primavera ou no verão. No inverno, isso não é permitido.
A temperatura do ar na sala não deve cair abaixo de 10 graus, caso contrário, o Bálsamo da Nova Guiné simplesmente morrerá.

No inverno, o bálsamo da Nova Guiné sofre com calma todas as condições, se for fornecido:

  • moderado rega,
  • adicional iluminação,
  • ótimo humidade ar,
  • adequado a temperatura,
  • projeto de proteção e frio.

Possíveis dificuldades no cuidado

Quanto a qualquer planta de interior e para a balsamina, pode haver alguns problemas e dificuldades quando cultivada em casa. Os problemas principais e comuns são:

  1. Murchamento e queda de folhas. Pode ocorrer a baixas temperaturas abaixo de 10 graus ou rega esparsa.
  2. As hastes estão sendo puxadas. Ocorre em alta temperatura e falta de luz. Neste caso, a poda ajudará.
  3. O aparecimento de pragas de insetos. Na maioria das vezes ocorrem com baixa umidade e falta de ventilação.
  4. Botões de queda na planta. Iluminação insuficiente, possível secagem do solo e alta temperatura na sala. Não permita quedas de temperatura.
  5. Folhas, cacho, e, outono. É necessário que a planta forneça calor e reduza a umidade. É permitido transplantar a planta em solo solto e fértil.
  6. As folhas ficam pálidas. A razão para isso é a falta de luz, especialmente no inverno.

Vistas Internas Básicas

Trouxe um número bastante grande de variedades. Cada um deles tem sua própria altura característica, cor da folha, forma dos botões. Dependendo dos parâmetros, os três grupos a seguir são diferenciados.

  1. Arbustos compactos e subdimensionados com até 20 cm de altura. Eles têm pequenas flores. Perfeitamente são apropriados para o cultivo em vasos em peitoris, em estufas.
  2. Flores alastrando de tamanho médio. Tem a forma de uma pirâmide. Olhe muito bem em vasos pendurados.
  3. Arbustos poderosos até 50 cm. Distinguido por brotos eretos. No interior, eles são combinados com outras culturas, pois na solidão eles parecem mal. Especialmente bom em vasos maciços.

Existem várias séries que são recomendadas para a floricultura doméstica. Eles são descritos na tabela.

Tabela - Espécies Internas da Balsamina Nova Guiné

Você também pode dar preferência à variedade Java, que possui uma ampla paleta de tons de flores. Ou você pode prestar atenção ao Mini Jini com flores abundantes.

Luz e o melhor lugar

O híbrido ama a luz, mas não tolera a luz solar direta. Portanto, recomenda-se colocá-lo no lado oeste ou leste. Pode até ficar em lugares escuros, mas neste caso a quantidade e a qualidade da floração irão sofrer.

Se no outono e no inverno o bálsamo da Nova Guiné não florescer, significa que falta luz do dia. Portanto, deve ser estendido para 14-16 horas. Como fazer isso? Com base nas revisões, uma solução eficaz é o uso de luz artificial. Existem fitolamps especiais que são absolutamente seguros para "impatiens".

Temperatura

A temperatura ótima para um "amigo Guineense" jardineiros 18-24 ° C. No verão, ele é capaz de tolerar o calor, mas apenas sob condições de rega regular. A planta pode ser trazida para a rua com o início da primavera. O principal é que a diferença entre a temperatura durante o dia e noite deve ser 5-8 ° C. Aos 12 ° C, o “delicado” morre.

Umidade e rega

O nível de umidade deve ser de 40 a 60%. No verão, em calor extremo, você pode colocar um recipiente aberto com água ao lado do “melado”. Recomenda-se usar um frasco de spray várias vezes por semana. A planta é regada duas ou três vezes por semana.

No inverno, a frequência de rega é reduzida para uma vez em 15-20 dias. Com o aquecimento central de trabalho e um microclima seco, a planta precisa de uma pulverização adicional. Água morna filtrada ou fervida usada. O procedimento é realizado de manhã e à noite. É possível aumentar o nível de umidade usando um palete no qual seixos ou argila expandida são despejados.

Embora um bálsamo resista a todas as dificuldades, não vale a pena agir de acordo com o princípio: “É melhor derramar do que derramar. É necessário umedecer o solo regularmente em pequenas porções, o que ajudará a evitar a água estagnada. O principal sinal de rega excessiva é a formação de musgo verde na superfície do solo. Com uma quantidade insuficiente de "touchy" fade.

Solo e vestir

O solo deve ser moderadamente nutritivo, solto e leve. Acidez (pH) na faixa de 5,8-6,2. Você pode usar o substrato pronto para culturas domésticas na loja. Uma camada de drenagem deve estar presente. Se você preparar o solo de forma independente, os seguintes componentes funcionarão:

São tomadas em partes iguais e misturadas até uma massa homogênea. Na mistura acabada você pode adicionar vermiculita, migalha de argila expandida.

Durante o período de floração, o “toque” é alimentado com complexos minerais de baixa concentração a cada duas semanas. No inverno, você pode abandonar completamente o poder adicional. Conveniente e fácil de alimentar a planta, se você usar meios líquidos, diluídos em água para irrigação. Recomenda-se dar preferência a complexos com alto teor de potássio e fósforo.

Beliscar e transferir

Aparar não vale a pena, pois levará ao aparecimento de "tocos" grossos e feios. Apenas topos jovens beliscam em um ano e meio a dois anos. Em princípio, o próprio híbrido forma uma bela forma. A exceção é a variedade "Harmony", que precisa de poda.

Tendo decidido transplantar o "delicado", o jardineiro presta especial atenção à escolha de um vaso. A capacidade é selecionada em tamanho ligeiramente maior que a versão anterior. Deve cobrir completamente as raízes e ser apertado. Esta abordagem irá fornecer o bálsamo com floração fofo e abundante. A planta não tem um período de descanso, por isso é transplantada a qualquer momento todos os anos. Mas é recomendável escolher um início da primavera. O procedimento é realizado em seis etapas.

  1. Algumas horas antes do transplante, umedecemos bem o solo.
  2. Estamos a preparar um novo solo para o bálsamo da Nova Guiné.
  3. Remova a planta e sacuda o chão das raízes.
  4. No novo tanque estamos preparando uma camada de drenagem e solo, coloque um arbusto no topo.
  5. Feche as raízes, batendo levemente.
  6. Deite um pouco de água.

Vegetativo

Funcionalidades A propagação de Bálsamo Novogvineisky por estacas é reproduzida na primavera ou no início do verão. As plantas jovens são melhor plantadas em vasos de 9 a 12 cm e duas semanas após o procedimento, as estacas se enraizarão. Floração pode ser esperada em 60-90 dias.

  1. Faca afiada cortou o topo da filmagem com três entrenós.
  2. Um corte de 8-11 cm de comprimento é colocado em uma panela com turfa e areia, que são misturadas em partes iguais.
  3. Para enraizar o bálsamo da Nova Guiné mais rapidamente, os vasos são cobertos com polietileno - um efeito estufa é criado.

Funcionalidades As sementes são semeadas em fevereiro ou março em turfa. As mudas só podem ser plantadas quando a altura é de 4 cm. Certifique-se de ter duas folhas. Floração pode ser esperada em 85-120 dias.

  1. As pré-sementes são mantidas em uma solução de permanganato de potássio por dez minutos.
  2. Após a semeadura, o solo é umedecido, coberto com filme.
  3. Capacidade com sementes colocar em um lugar quente com boa iluminação.
  4. Duas semanas depois, quando aparecem filmagens, o filme é removido.

Problemas possíveis

Na maioria dos casos, as doenças das plantas são conseqüências de cuidados inadequados. As principais doenças, problemas e por que eles aparecem são descritos abaixo.

  • Folhas caídas. Muito provavelmente a temperatura é elevada e não há umidade suficiente no solo. Regue com mais frequência, “delicado”, ventile cuidadosamente a sala.
  • Amarelo, seco e folhas caem. Muita umidade e baixa temperatura. Coloque a panela em um lugar mais quente e ajuste a frequência da rega.
  • Flores e botões caem. Ou não aparece nada. Não há luz suficiente, ar seco e quente. Evite mudanças bruscas de temperatura, não sobrecarregue. Coloque a panela em um lugar bem iluminado.
  • As folhas não crescem e ficam pálidas. O tamanho do pote não está correto. O problema surge devido à falta de maquiagem e luz. Reimplante o "touchy" em uma grande capacidade, proporcionando boa iluminação e alimentação regular.
  • As folhas estão enroladas. A planta está fria e úmida. Transferi-lo para um lugar quente e seco.
  • Floração fraca. Curativo incorreto. Reduza a dosagem de fertilizantes que contêm nitrogênio.
  • Pontos de luz nas folhas. A planta estava queimada pelo sol ou borrifada com água dura. Coloque a panela longe da luz solar direta, use apenas água filtrada para irrigação.

Muitas vezes, as pragas aparecem apenas quando as condições da planta não são respeitadas. Se a sala é ar seco, então há uma alta probabilidade de ácaros. Ele envolve a teia "sensível" e suga o suco da planta. Muitas vezes aparecem e thrips. Com uma lesão fraca, o bálsamo é pulverizado com álcool ou água com sabão. Se houver muitas pragas, então a composição inseticida pronta ajudará.

Pode-se observar como pequenas moscas brancas aparecem no "funky". Os remédios populares não ajudarão aqui. O tratamento é melhor feito com drogas. A fita de inseto, que fica perto da flor, ajuda.

Descrição botânica e história

Novos híbridos guineenses apareceram pela primeira vez no mercado de flores em 1972. Eles foram criados cruzando a variedade Hoker da Indonésia com outros tipos de bálsamo. Bálsamo Homeland New Guinea são subtropicais e trópicos na África, Ásia e América.

Dependendo do local de crescimento e variedade, a flor cresce de 30 a 50 cm, o sistema radicular é forte e cresce bem. A planta tem a aparência de um arbusto com muitos caules..

Nas folhas pontiagudas ovais oblongas:

  • raias brilhantes,
  • bordas serradas,
  • paisagens curtas.

Flores com pétalas figuradas podem atingir um tamanho de 5-7 cm, dependendo da variedade, são de uma cor ou duas cores com padrões. No topo das hastes há um ou mais brotos. Floração dura vários meses, isso é influenciado por condições climáticas e local de crescimento.

No lugar da flor, uma fruta é formada - uma caixa oblonga. Sua parte externa é dividida por nervuras. Depois que a fruta amadurece quando tocada, ela se abre, jogando fora as sementes. Na natureza, a flor se multiplica dessa maneira.

Descrição da aparência e características

Em casa, o bálsamo da Nova Guiné pode florescer por 10 meses. Entre os produtores de flores, esta propriedade torna a planta muito popular.

Os novos híbridos guineenses são poderosos e carnudos. Eles têm brotos fortes, flores assimétricas brilhantes e folhas muito densas. Das muitas variedades de balsamina, estas distinguem-se pela beleza da floração e pela riqueza da vegetação.

As peculiaridades do bálsamo da Nova Guiné varietal incluem o fato de que a planta lança folhas por causa de:

  1. hipotermia
  2. falta de iluminação,
  3. secando o solo.

Como a flor vai florescer afeta a escolha do pote, bem como a introdução sistemática e composição de fertilizantes.

Os novos híbridos guineenses são valorizados pela sua coloração.. As flores vêm em diferentes tons:

  • rosa
  • damasco
  • pêssego,
  • pastel
  • fuchsian etc.

Folhas, além de verde escuro brilhante são de bronze ou com uma iluminação amarelada no meio.

Em seguida na foto você pode ver a planta e admirar a beleza de sua floração.





Uma planta pode ser plantada em um jardim?

Bálsamo da Nova Guiné - é uma das plantas mais simples em termos de cuidados, tanto no peitoril da janela do apartamento, quanto no jardim. É capaz de tolerar um pequeno tempo de secagem e alagamento do solo.

Iluminação e localização

Bálsamo da Nova Guiné prefere luz difusa suave. É impossível cair na luz solar direta. A melhor localização da flor é o peitoril das janelas voltadas para o oeste e o leste. No inverno, quando a luz do dia se torna mais curta, a planta precisa de iluminação adicional. Caso contrário, seus brotos se esticarão e as folhas começarão a cair.

Requisitos de solo

A flor cresce bem em terras férteis e leves. Você pode comprar substratos prontos ou preparar-se misturando:

  1. Solo fértil.
  2. Chão frondoso.
  3. Turfa.
  4. Humus
  5. Areia

A mistura auto-preparada deve ser desinfetada.

Cuidar da flor em casa

Como cuidar de uma flor?

Para um crescimento normal no ambiente doméstico, um bálsamo da sala de New Guiné precisa de alguns cuidados. A temperatura deve ser de 18 ° C ... 24 ° C. A flor tem um efeito negativo:

  • temperatura abaixo de 10 ° C
  • ar gelado
  • rascunhos.

Portanto, não deve ser colocado no peitoril da janela da cozinha, porque muitas vezes há janelas abertas para ventilação.

A planta deve ser regada abundantemente regularmente, mas somente depois que a camada superficial do solo secar. Não vai deixar apodrecer aparecer. No inverno, a rega é reduzida para duas vezes por mês., a água que flui na panela deve ser derramada.

Estas plantas vêm dos trópicos com alta umidade, então quando o ar seco eles podem jogar botões e flores.

Especialmente esse procedimento é necessário em calor extremo e com o início do período de aquecimento. As folhas da flor podem ser limpas com uma esponja úmida, assim elas serão limpas de uma camada de poeira e irão respirar livremente.

Floração abundante é impossível sem cobertura superior. Duas vezes por mês, o bálsamo da Nova Guiné é fertilizado com compostos minerais de potássio. Este elemento contribui para a formação de cores. Não há necessidade de se alimentar com nitrogênio puro, através do qual a massa verde irá crescer ativamente, e a floração diminuirá.

Nova Guiné Bálsamo mal tolerada poda. Se você quiser que os arbustos pareçam mais densos e compactos, você pode beliscar os topos dos brotos. Embora a planta em si é capaz de formar uma forma exuberante. Para criar a aparência e a forma de um arbusto, é permitido aparar apenas a visualização de harmonia.

Uma vez a cada 2-3 anos, a flor deve ser replantada. Isso é feito na primavera. É necessário tomar um pequeno pote, tanto em diâmetro e profundidade. Em condições precárias, o bálsamo da Nova Guiné crescerá exuberante. Na parte inferior para organizar uma camada de drenagem, por exemplo, de argila expandida. A flor deve ser cuidadosamente transferida da panela para a panela. Preencha o vazio resultante com o solo a um nível tal que o pescoço da raiz suba 2 cm acima dele.

Doenças e pragas comuns

Na maioria dos casos, o Bálsamo da Nova Guiné fica doente por causa de cuidados inadequados. Isto é evidenciado pelo estado externo de suas partes. Quando expostos à luz solar direta nas folhas aparecem manchas amarelas. Isso significa que a flor se queimou.

Acontece que quando o aquecimento está ligado, o bálsamo sai:

Você precisa instalar bandejas especiais com água e argila expandida ou colocar um umidificador. Se as folhas coloridas sempre ficarem pálidas, isso indica uma falta de nutrientes. Fertilizantes complexos os ajudarão a se tornarem brilhantes novamente.

Ao decaimento do sistema radicular e dos caules do bálsamo da Nova Guiné e, subsequentemente, às doenças fúngicas, resulta em:

  • rega excessiva,
  • alagamento do solo,
  • ar muito cru.

E se não florescer?

As razões pelas quais o Bálsamo da Nova Guiné não floresce podem ser:

  1. Falta de nutrientes no solo.
  2. Iluminação insuficiente.
  3. Excesso de fertilizante.
  4. Alimentação incorreta, ou seja, excesso de nitrogênio.

Na sua eliminação a flor agradará com a floração magnífica.

Recursos de reprodução

Em condições naturais, a propagação de bálsamo ocorre com a ajuda de sementes. Casas para cultivar uma flor dessa maneira é difícil.

De acordo com as estatísticas de 10 sementes semeadas, apenas 5 germinam.Também deve-se ter em mente que plantas jovens derivadas de sementes se desenvolvem lentamente, a menor causa pode levar a sua morte.

Primeiro você precisa preparar um solo fértil, que espalhe suavemente as sementes. Depois disso, polvilhe-os com uma pequena camada de terra. Em seguida, umedecer, usando um spray ou um regador com um spray.

Tudo isso para criar um efeito estufa deve ser coberto com um filme ou vidro transparente. É necessário abrir o recipiente sistematicamente para arejar e umedecer o solo, evitando que o coma de terra seque. O surgimento dos primeiros brotos pode ser esperado em 1,5 a 2 semanas.

O método mais eficaz de reprodução do bálsamo da Nova Guiné é o corte. Para fazer isso, abaixo do nó é necessário cortar o corte no qual você deseja remover as folhas inferiores. Plante-a em solo preparado. É necessário colocar o corte em um local aquecido onde não exista nenhum rascunho e onde a luz solar direta não penetre. Os stubs são formados após 14 dias.

Nas condições do quarto, o bálsamo neo-guineense vive de 4 a 5 anos e, então, precisa ser atualizado. Quando cultivada em terreno aberto, a planta se torna um ano.

Um bálsamo é uma flor que, embora não cheire, sobressai com uma floração magnífica. É amplamente utilizado em sites pessoais de paisagismo. Com a ajuda de diferentes cores flores bálsamo Novogvineyskogo paisagistas criam composições belas e originais.